fbpx

7 Coisas que você não sabia sobre o descobrimento de Machu Picchu

Tem muitos lugares e destinos no mundo que são bem conhecidos no mundo inteiro, mas não tem aquele encanto que faz a sua viagem inesquecível. Esse é o caso de Machu Picchu, localizado no Peru. Desde que foi descoberto em 1911, esse lugar tem conquistado o coração dos milhares de visitantes que recebeu ao longo do tempo. Nesse post falaremos para você sobre esse maravilhoso lugar, coisas que você talvez nunca ouviu falar na sua vida, como por exemplo a sua descoberta e como realmente foi. Fatos que para alguns será um incentivo extra para viajar e conhecer esse Monumento Arqueológico.

Que dia foi descoberto?

Você sabia que o mundo inteiro soube de Santuário de Machu Picchu no dia 24 de julho de 1911, o arqueólogo americano Hiram Bingham, é o primeiro a publicar a existência Machu Picchu, um antigo assentamento inca no Peru que é hoje um dos principais destinos turísticos do mundo. Muito embora, os moradores próximos do lugar sabiam da existência das ruinas de Machu Picchu, foi Hiram Bingham o primeiro que deu a notícia para o exterior e pediu ajuda para fazer os devidos estúdios. Assim como Hiram Bingham, venha e descubra uma grandiosa aventura em Cusco!

Escondido por muitos séculos

Oculto no campo rochoso a noroeste de Cuzco, acredita-se que Machu Picchu tenha sido um retiro de verão para os líderes incas, cuja civilização foi praticamente exterminada pelos invasores espanhóis no século XVI. No entanto, é importante falar que Hiram Bingham não foi o único descobridor de Machu Picchu, porque existiam pessoas que viviam no local por anos. De fato, foram eles que conduziram ao professor Bingham até as ruinas.

A excursão para o descobrimento

Viajando a pé e de mula, Bingham e sua equipe viajaram de Cuzco até o vale de Urubamba, onde um fazendeiro local lhes contou sobre algumas ruínas localizadas no topo de uma montanha próxima. O fazendeiro nativo chamou a montanha de Machu Picchu, que significa “Pico Velho” na língua do Incas, o quíchua. No 24 de julho, depois de uma difícil subida até a cordilheira da montanha, com tempo frio e chuvoso, Bingham encontrou um pequeno grupo de camponeses que lhe mostrou o resto do caminho. Liderado por um moleque de 11 anos, Bingham teve sua primeira visão da intrincada rede de terraços de pedra que marcavam a entrada de Machu Picchu.

A alegria de Hiram Bingham

Para esses momentos de gloria de um arqueólogo, Bingham ficou muito feliz pela descoberta e espalhou a notícia sobre sua descoberta, enviando uma imensidade de turistas ansiosos que se dirigiam ao Peru para seguir seus passos pela trilha inca. O local se estende por uns impressionantes cinco quilômetros, com mais de 3.000 degraus de pedra ligando seus diversos níveis.

Hoje, mais de 300.000 pessoas passam por Machu Picchu a cada ano. Os turistas andam muitos quilômetros a pé para ver o sol se pôr sobre os imponentes monumentos de pedra da Cidade Sagrada e se maravilhar com o esplendor misterioso de uma das mais famosas maravilhas artificiais do mundo. Você também pode sentir alegria visitando Machu Picchu!

Porque foi construído Machu Picchu?

O significado da cidadela de Machu Picchu para o “Tahuantinsuyo” (O Reino das 4 regiões em português). Um excelente planejamento urbano interligado com outros locais próximos a Machu Picchu tornou-se um ponto de referência. Na agricultura, a região é caracterizada pela produção de milho e batata. Ao longo dos anos tem havido muitas investigações sobre o papel que exerceu esta cidadela localizada nas montanhas.

A composição arqueológica de Machu Picchu.

É considerada a mais incrível criação urbana do Império Inca e um dos mais importantes patrimônios do mundo. Situa-se no topo de uma montanha, a 2.430 metros de altitude na floresta tropical, oferecendo paisagens espetaculares com significativa biodiversidade endêmica de flora e fauna. O Santuário Histórico de Machu Picchu é cheio de significado cultural. Seus vários locais, complexos, monumentos e cidadelas estão interligados entre si e com seu ambiente.

Esta é uma conquista artística única e também uma obra-prima da arquitetura. Tudo é sagrado e cultural e está relacionado entre si, incluindo o ambiente natural em que é construído. O local é composto por recintos, praças, templos, túmulos, salas para armazenamento de alimentos, canais de pedra e escadas e plataformas, distribuídas na topografia da montanha em um único trabalho em urbanismo. Os terraços mais de 700 terrenos preservados, promoveram a agricultura e serviram como parte de um extenso sistema de distribuição de água e limitaram a erosão hídrica retida em encostas íngremes.

O Valor de Machu Picchu

O Santuário Histórico de Machu Picchu contém cerca de 10% da fauna e 22% da flora do Peru. Destaca-se como uma das poucas regiões montanhosas que dispõem de abundantes informações disponíveis sobre a flora e fauna locais. Eles registraram 401 espécies de aves, 19 répteis, 10 anfíbios, 13 peixes, 300 borboletas diurnas e 400 noturnos, também registraram 309 espécies de orquídeas do total de 1.625 espécies no país.

Estima-se que existam 200 espécies adicionais não gravado. Atualmente, Machu Picchu é considerado uma das sete maravilhas do mundo; essa distinção promove o aumento do turismo na região. Turistas de todas as nacionalidades viajam para o Peru com a intenção de observar o legado inca e, claro, visitar Machu Picchu, que também é conhecida como a Cidade Perdida dos Incas.

A informação que você encontrou aqui te ajudou?

Ajude-nos com a sua qualificação.

Pontuação Media / 5. Número de votações

ALGUMA DÚDIVA? FALE COM UM DE NOSSOS ATENDENTES!

ENDEREÇOS:

  • Calle Quera 293 ofice 302
  • Telefono: +51 (84) 507196
  • Movil: +51 984677900
  • WhatsApp: +51984677900
  • Emergencia: +51984008700
  • Emergencias: +51969432381

HORARIO DE FUNCIONAMIENTO:

  • Segunda - Sexta: 09:00 AM a 08:00 PM
  • Sábado: 09:00 AM a 08:00 PM
  • Domingos e feriados: Não atendemos

DEPOIMIENTO:

PAGAMENTO

Diseñado por Marketing Digital Cusco

Pin It on Pinterest

Shares
Share This