fbpx

A História do Pisco Peruano

Talvez você já ouviu falar sobre esse drinque peruano. Nesse post você aprendera junto com a gente sobre o tão famoso Pisco Peruano. Tecnicamente ele seria um tipo de aguardente, produzido da uva, e posteriormente fermentado e destilado. Essa seria a definição básica do Pisco, mas nós presentaremos para você alguns fatos históricos muito interessantes que deram vida a essa bebida transparente e da família do Brande.

Um resumo da história do Pisco

A história começa no ano 1542, quando os espanhóis trouxeram para o Peru as videiras, o vinho e a aguardente. No ano 1572, no litoral Peruano existia um povoado chamado “Pisco”. Segundo um cronista Peruano, o nome do lugar tem origem de uma palavra quéchua “Pishqu” que significa “Ave”. E ao chegar os espanhóis eles o renomearam como “Santa Maria Magdalena del Valle del Pisco”. Logo depois de alguns anos esse lugar se tornou um dos maiores produtores de Vinho na América do Sul.

O Descobrimento da Minas em Potosí, Bolívia

Em 1545 em Bolívia, é descoberta as Minas Prateiras de Potosí. Quando os espanhóis descobriram esse grandioso recurso em terras totalmente desconhecidas, edificaram de imediato um pequeno povoado. Mas, logo depois de alguns anos se tornou em uma potência econômica de toda América do Sul, por motivo da extração de prata. Por conseguinte, Potosí demandava muitos produtos, entre eles as bebidas alcoólicas.

O Nascimento do Pisco Peruano

É nesse contexto histórico é que nasce o Pisco, e é assim o vinho é transportado desde o povo de Pisco até o a capital econômica de Potosí. Quer dizer desde o atual Peru até Potosí. Mas depois de um tempo os transportadores do vinho perceberam que era melhor exportar a aguardente, por motivo de questões climatológicas. E foi assim que o povo de Pisco começou a elaborar aguardente em massa.

Primeiramente o produto era transportado ao Porto de Arica, no atual Chile, e depois era levado em mulas até Potosí. E foi assim que essa aguardente nasceu no Peru, alegrando muitos momentos e eventos em tempos passados.

Como é produzido o Pisco Peruano?

O Pisco não é apenas uma bebida fermentada. Se trata de um destilado puro que passa por um cuidadoso processo de seleção e produção. Se pode dizer que o Pisco Peruano é uma aguardente, derivado da uva como o Brandy, ou o Conhaque. É uma bebida com muita história, e é considerada pelos peruanos como a drinque nacional.

Requisitos do Pisco no Peru

O 1° Requisito, segundo a Norma Técnica Peruana, é que existem apenas 8 tipos de uvas das quais podem elaborar o Pisco. Em outras palavras se o Pisco não é feito com essas uvas então, não é considerado Pisco no Peru. 2° Requisito. Só pode passar uma vez pelo processo de destilação. 3° Requisito. Não se amadurece como o Brandy. 4° Requisito. Para ser considerado Peruano o Pisco tem que ser elaborado e embalado nas regiões peruanas de Lima, Ica, Arequipa, Moquegua e Tacna.
Outro dato interessante é que qualquer aguardente que não tenha esses requisitos não é considerada como “Pisco” no Peru.

Grandes Reconhecimentos do Pisco Peruano

Essa aguardente recebe o seu máximo reconhecimento no seu próprio pais de origem, e recebe como máximo título: Patrimônio Cultural do Peru no ano 2007, essa bebida que é consumida por milhares de peruanos e turistas. Os peruanos costumam beber um coquetel chamado “Pisco Sour” (Pisco com limonada) em qualquer tipo de eventos formais.

O último e mais grande reconhecimento do Pisco é do cantor britânico bem famoso: Ed Sheram que na sua estadia no pais de Chile, perguntaram para ele o que achava sobre o Pisco Chileno e ele respondeu surpreendentemente que preferia o Pisco Peruano.

A controvérsia entre o Pisco Peruano e o Pisco Chileno

Hoje em dia existe uma polémica acalorada entre peruanos e chilenos. O motivo? Quem é o inventor do Pisco? Essa questão a gente vai preparar um outro post para falar com mais detalhe. Mas o único que você tem que saber que ao mencionar a um peruano que o Pisco é chileno, é a mesma coisa que falar para um corintiano da favela que o Palmeiras é o melhor time do Brasil, e a mesma coisa se você visitar Chile, e falar que o Melhor Pisco é peruano.

E que você achou desse post? Você gostaria de experimentar o Pisco Peruano? Você acha que o Ed Sheram vacilou ao expressar no Chile que o Pisco Peruano era melhor?? Deixe a sua resposta nos comentários! E não esqueça de continuar aprendendo sobre a cultura Peruana, para que na hora da visita você demostre que é um turista esperto e culto!

A informação que você encontrou aqui te ajudou?

Ajude-nos com a sua qualificação.

Pontuação Media / 5. Número de votações

ALGUMA DÚDIVA? FALE COM UM DE NOSSOS ATENDENTES!

ENDEREÇOS:

  • Calle Quera 293 ofice 302
  • Telefono: +51 (84) 507196
  • Movil: +51 984677900
  • WhatsApp: +51984677900
  • Emergencia: +51984008700
  • Emergencias: +51969432381

HORARIO DE FUNCIONAMIENTO:

  • Segunda - Sexta: 09:00 AM a 08:00 PM
  • Sábado: 09:00 AM a 08:00 PM
  • Domingos e feriados: Não atendemos

DEPOIMIENTO:

PAGAMENTO

Diseñado por Marketing Digital Cusco

Pin It on Pinterest

Shares
Share This