Excursão a Waqrapukara

5
(1)

Esta caminhada o levará a um dos templos incas localizados nas montanhas dos Andes de Cuzco, construídos no topo das montanhas mais íngremes, a ruína inca de Waqrapukara. Você ficará imerso durante a caminhada de um dia inteiro em uma área onde os turistas regularmente não vão.
Como a antiga capital do Império Inca e a cidade mais próxima do santuário da fortaleza de Machu Picchu, Cuzco está cheia de misteriosas e belas ruínas incas. Sacsayhuaman, Coricancha, Ollantaytambo e Moray são apenas alguns dos locais conhecidos incluídos nos passeios populares de Cuzco e no Vale Sagrado dos Incas. Além dessas opções mais conhecidas, os viajantes não tomam conhecimento que existem dezenas de ruínas menos conhecidas espalhadas por toda a região de Cuzco que vale a pena explorar. Waqrapukara é uma delas, uma fortaleza enigmática no topo da montanha. Está localizada ao sul de Cuzco. Uma caminhada até o místico Waqrapukara com um guia especializado tem a duração de um dia a partir de Cuzco. Esta caminhada é perfeita para quem deseja fugir dos pontos turísticos mais visitados e experimentar um local arqueológico pitoresco e isolado que permanece um tanto envolto em mistério.

Roteiro

Trilha Waqrapukara – Waqra é “chifre” Pukara é equivalente a força. Os “chifres” atingem 4.300 metros, no topo de um grande penhasco coberto de florestas que coroam os abismos que dominam o desfiladeiro do rio Apurimac. O monumento arqueológico é cercado por impressionantes terraços, praças e uma floresta de pedras que se assemelham a tronos com gigantes mitológicos que contemplam a paisagem andina. O tour inicia bem cedo, às 4 da madrugada, pois temos uma longa jornada pela frente. Vamos para a cidade de Cusipata (3.319 m) ao sul de Cuzco. Em Cusipata, tomamos café da manhã no restaurante. Então, continuamos a apreciar a Lagoa Pomacanchi ao longo do caminho.
Mais tarde, passamos pelo distrito de Acos (3.096m) na província de Acomayo para chegar à cidade de Huayqui (3.390m). Lá descemos e começamos a caminhar por cerca de 3 horas (7,5 km). Ao chegar em Waqrapukara, você acompanhará uma visita guiada a este misterioso sítio arqueológico desconhecido pelos turistas. Durante o passeio, o seu guia mostra “Inti Punku ” (Porta do Sol), a praça principal, torres (“Torreones”), plataformas e acomodações do Deus Wiracocha. Do alto, temos vistas deslumbrantes das paisagens circundantes do rio Apurimac e dos Andes. Também aproveitamos já que estamos neste antigo local místico e religioso, fazendo uma oferenda à Pachamama (Mãe Terra na língua nativa). Em seguida, começamos nossa caminhada de volta à cidade de Huayqui, admirando pinturas rupestres que ilustram lhamas pelo caminho.
Em Huayqui, almoçaremos para recuperar nossa energia. Em seguida, entramos na van e retornamos a Cuzco pelo distrito de Acos e pela província de Acomayo novamente. Continuamos a viagem chegando em Cuzco aproximadamente às 18h. Ao final do passeio, deixamos você em seu hotel

  • Altitude máxima: 4.140 metros
  • Altitude mínima: 3.096 metros
  • Duração da caminhada: 6 horas
  • Distância de caminhada: 15 km
  • Dificuldade: moderada
  • Clima: frio
Waqrapukara-Tours
Gente-Waqrapukara
Waqrapukara-Caminho
Panoramica-Waqrapukara

Informação e história de Waqrapukara

Waqrapukara é uma impressionante fortaleza inca no topo de um planalto montanhoso acidentado na remota zona rural da região de Cuzco, no sul do Peru. O nome Waqrapukara significa “Fortaleza dos Chifres” na língua nativa quechua, uma referência aos dois picos claramente em forma de chifre que sobressaem no local. Ao contrário das ruínas mais famosas, como Machu Picchu ou Coricancha, a fortaleza de Waqrapukara foi estudada recentemente por arqueólogos. Todo o significado do complexo está apenas começando a ser desvendado. Ao encontrar suas portas triplas é uma indicação de sua importância particular, uma vez que os incas apenas construíam esse estilo de porta em locais de grande poder político e religioso.
Como Machu Picchu, os criadores Incas de Waqrapukara talharam a pedra finamente trabalhada nas formações rochosas próximas para criar estruturas que se destacam e se misturam com o ambiente. Em conjunto com o principal complexo da fortaleza, o local também abriga uma série de oito terraços agrícolas incas com muros de apoio. Waqrapukara é tão majestosa quanto os locais mais conhecidos do sul do Peru, além de um misticismo a mais devido à sua localização isolada e à falta de pesquisas formais no local até os dias de hoje. Como disse recentemente o arqueólogo Miguel Cornejo ao La República (um dos jornais de maior circulação no Peru): “Waqrapukara é um santuário inca de grande importância que denota imenso poder político e religioso, ainda desconhecido”.

Trilhas para Waqrapukara

Waqrapukara pode ser visitada durante todo o ano, mas certas épocas do ano podem oferecer uma experiência mais agradável. A estação chuvosa dura de novembro a abril e, durante esses meses, é possível enfrentar fortes chuvas na região. Como o clima nas terras altas do Peru costuma ser imprevisível, recomenda-se levar roupas para chuva e sol. Também é importante trazer muita água, pois exercícios físicos com desgaste físico podem causar desidratação.

Detalhes do Pacote

Inclui:

  • Buscamos e deixamos em seu hotel;
  • Tour Waqrapukara;
  • Visita guiada durante a caminhada Waqrapukara;
  • Cerimônia espiritual com a Mãe Terra e as montanhas;
  • Conheça a melhor área rural andina ao redor da cidade de Cuzco
  • Café da manhã;
  • Almoço.

Não Inclui:

  • Lanches e outros alimentos;
  • Seguro viagem;
  • Gorjetas.

Recomendações:

  • Óculos de sol, boné ou sombreiro;
  • Lenços umedecidos e kit higiene;
  • Protetor solar e repelente para mosquitos;
  • Lanche, água, frutas, chocolates, barras de cereal, etc;
  • Câmera fotográfica, carregador de celular;
  • Mochila pequena com um casaco para frio e uma troca de roupa;
  • Passaporte e/ou RG originais (documento que usará para viajar).
  • Bastões de caminhada.

Importante:

Levar lanches se você estiver visitando durante o dia. Se você vai acampar durante a noite, é claro, também precisará levar comida suficiente para o jantar e o café da manhã. Pelo menos dois litros de água. Traga o dobro dessa quantia se você estiver acampando durante a noite.

Perguntas Frequentes

O que é o mal da montanha?

É um efeito físico causado pela altitude. Na região serrana do Peru, o ar é mais rarefeito, possui menos oxigênio, podendo causar cansaço ao caminhar ou falta de ar. Seus sintomas geralmente são dor de cabeça, náuseas, tontura ou mal estar físico.

Quantos dias são necessários para a aclimatação com a altitude?

Nós recomendamos passar pelo menos um ou dois dias descansando sem fazer muito esforço. Você poderá realizar tours tranquilos na cidade de Cuzco como o City Tour em Cuzco ou o Vale Sagrado dos Incas.

A informação que você encontrou aqui te ajudou?

Ajude-nos com a sua qualificação.

Pontuação Media 5 / 5. Número de votações 1

Ainda não tem votações, quer ser o primeiro?

Fale Conosco

VOCÊ PODE GOSTAR

Lhamas-Machu-Picchu

Lhama Perú

Lhama (Lama glama), uma espécie ...
Leia Mais
Vale-Rojo-Peru

Valle Rojo Peru

Você gostaria de visitar o ...
Leia Mais
Llactapata-Cusco

Llactapata

Llactapata é uma ruína inca ...
Leia Mais
ALGUMA DÚVIDA? FALE COM UM DE NOSSOS ATENDENTES!

ENDEREÇOS:

  • Calle Quera 293 ofice 302
  • Telefono: +51 (84) 507196
  • Movil: +51 984677900
  • WhatsApp: +51984677900
  • Emergencia: +51984008700
  • Emergencias: +51969432381

HORARIO DE FUNCIONAMIENTO:

  • Segunda - Sexta: 09:00 AM a 08:00 PM
  • Sábado: 09:00 AM a 08:00 PM
  • Domingos e feriados: Não atendemos

DEPOIMIENTO:

TripAdvisor

PAGAMENTO

Paypal

Diseñado por Marketing Digital Cusco

Pin It on Pinterest

Shares
Share This