Após quase dois anos de fechamento devido à pandemia de 19, e também após os estudos sobre a capacidade de carga dos visitantes, a entrada da famosa montanha waynapicchu, montanha MachuPicchu, assim como Huchuy WaynaPicchu é reaberta. São três montanhas que cercar a maravilha do mundo, que hoje é conhecido como o Llaqta Machu Picchu.


Montanha HuaynaPicchu

Lhamas-Machu-Picchu


Sem dúvida, um dos locais mais solicitados pelos visitantes era a escalada desta montanha, após completar a visita a Llaqta Machu Picchu, pois os espaços eram superlimitados, devido ao pedido de milhares de visitantes para desfrutar do topo da montanha., Como bem como o templo da lua, que fica na base da montanha.
Para entrar nesta montanha, deve ser feita uma reserva através de uma agência de viagens que conheça os horários recomendados que coincidam com o trem para Machu Picchu, também é recomendável ter no mínimo dois dias para poder desfrutar com muita tranquilidade, pois a promoção e horário restrito do Ministério da Cultura.
Huaynapicchu é visto na frente de Machu Picchu, conhecido como a montanha jovem, muitos anos atrás era considerado um lugar sagrado porque existem energias astronômicas positivas que se conectam com a visão de mundo andina, é dito que Huaynapicchu está conectado com a linha equatorial do planeta, portanto é o centro astronômico e que os visitantes podem desfrutar de escalada na rocha sagrada de onde começa um caminho com escadas inclinadas até o topo, a jornada é de 40 minutos em ritmo acelerado, porém até o templo da lua é cerca 1 hora.


Montanha Machu Picchu


É outra das montanhas mais solicitadas pelos visitantes, que tem quase 590 degraus subindo pelos arbustos que partem da casa do guardião, e da área agrícola de Machu Picchu, com um percurso de uma hora e meia. Esta montanha é a mais alta de Machu Picchu, de onde você pode ver o Intipunko Puerta del Sol, a Trilha Inca, Machu Picchu nas costas e a cidade de Aguas Calientes.
Da mesma forma, um bilhete de entrada deve ser solicitado com muitos meses de antecedência para garantir a estadia nesta parte da montanha. No trajeto, são apreciadas a flora e a fauna, como o urso-de-óculos, animal mamífero em perigo de extinção que, com a diminuição do espaço livre, está desaparecendo por falta de alimento e caça furtiva.
A importância de ter uma passagem para estas altas montanhas é que você poderá desfrutar com mais tempo, pois só Machu Picchu está autorizado a visitar no máximo 4 horas e que é conveniente reservar com bastante antecedência.


Huchuy Huaynapicchu


Chamado de pequeno waynapicchu, também foi habitado após a cobiçada pandemia de 19 – para receber mais pessoas que não se aglomeram dentro de Machu Picchu e Huaynapicchu para evitar o contágio da pandemia nos visitantes, esta montanha não é tão alta que aliás você pode subir em 8 turnos, não é necessário fazer reserva, mas se deve entrar em contato com a autorização de entrada, dentro da passagem de Machu Picchu.
Para finalizar com as informações, compartilhamos a mensagem enviada pelo Ministério da Cultura, cumprindo os protocolos de reabertura de biossegurança e como órgão regulador de todos os parques arqueológicos do Peru, com o seguinte comunicado que aparece na parte inferior.

Comunicado de Ministerio de Cultura

A Direção Regional de Cultura de Cusco informa que a partir de 7 de outubro de 2021 as rotas alternativas para as montanhas Machu Picchu, Wayna Picchu e HuchuyPicchu serão reabertas. A rota alternativa para a montanha Machu Picchu terá 400 vagas por dia distribuídas em dois horários sendo o primeiro horário das 6h às 7h e a segunda hora das 8h às 9h. Os visitantes com este tipo de ingresso devem entrar diretamente na rota da montanha Machu Picchu e sair do monumento pelo mesmo caminho.

A Direção Regional de Cultura de Cusco informa que a partir de 7 de outubro de 2021 as rotas alternativas para as montanhas Machu Picchu, Wayna Picchu e HuchuyPicchu serão reabertas. A rota alternativa para a montanha Machu Picchu terá 400 vagas por dia distribuídas em dois horários sendo o primeiro horário das 6h às 7h e a segunda hora das 8h às 9h. Os visitantes com este tipo de ingresso devem entrar diretamente na rota da montanha Machu Picchu e sair do monumento pelo mesmo caminho. A passagem terá a possibilidade de reingresso à llaqta para fazer o circuito três sob o cordão amarelo
A rota alternativa da Montanha Huayna Picchu terá 200 vagas por dia distribuídas em quatro horas, sendo a primeira hora das 6h00 às 7h00 da manhã e a segunda hora das 8h00 às 9h00. da manhã, a terceira hora a partir das 10h00. Amanhã às 11h00 e a quarta hora das 12h00 às 13h00, os visitantes que acedem a esta via alternativa devem completar o circuito 4 sob um longo cordão azul claro e não poderão reentrar no monumento 200 vagas por dia distribuídas em nove horários, a primeira hora das 6h00 às 7h00 e a última hora das 14h00 às 15h00: 00h00 Os visitantes que acessam esta rota alternativa devem completar o circuito 4 sob a cor azul claro longo e não poderão entrar novamente no monumento
O plano dos circuitos está disponível no site Machupicchu.gob.pe na aba de informações, vale lembrar que os ingressos só podem ser utilizados no horário selecionado, a capacidade de admissão do Llaqta será habilitada 100% a partir do dia 18 de outubro a 31 de dezembro de 2021, exceto modificações que possam ser feitas em virtude dos decretos supremos de níveis de alerta na região de Cusco
Os ingressos para MachuPicchu podem ser adquiridos nos escritórios do governo regional do Ministério da Cultura de Cusco e também em nossos escritórios Mit Viajes em Cusco.

Pin It on Pinterest

Shares
Share This